domingo, 16 de fevereiro de 2014

Saí de casa à procura de ilusões
Coincidências e confirmações
Alguém com seu nome, alguma lembrança
Alguma palavra, aquelas canções
O mundo assim parece tão pequeno
e eu continuo tendo visões
Depois que nos encontramos
eu esqueço todo tempo
que fiquei sem te ver
Fora tanto que eu me perco
fora tudo mais que eu penso
Eu só penso em você
Só penso em você
Fiquei em casa a espera de nada
Nenhuma visita, nenhuma chamada
Ninguém com seu nome, nem sua feição
Nenhuma esperança, nenhuma canção
O mundo assim parece tão imenso
E eu continuo vivendo em vão

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Atitudes falam mais do que palavras

Coisas simples me conquistam e me encantam

  Pequenos gestos significam grandes atitudes, é incrível como uma simples palavra tem o poder devorador de mudar um sorriso. De florescer uma alegria ou de inundar o coração de tristeza e decepção...
 
O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o princípio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida.
Fernando Pessoa
 
 
 
 .

domingo, 6 de outubro de 2013

Amor '-'


 Eu só quero amar você, e poder estar sempre ao seu lado;
 
Nunca ignore uma pessoa que ama, se preocupa e tem saudades de você, porque talvez um dia você poderá acordar e perceber que perdeu a lua enquanto contava as estrelas;

“Ame alguém que lhe tire para dançar, mesmo quando a única música for aquela composta pelas batidas dos seus corações.” Lavínia Lins

A distância faz ao amor aquilo que o vento faz ao fogo: apaga o pequeno e inflama o grande;

Não importa se você está perto ou longe, o que eu sinto não vai mudar;

Uma pessoa não precisa estar a vida inteira ao seu lado para se tornar única e inesquecível;

"Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?"
Fernando Pessoa

O amor não tem nada haver com a beleza física, pois a beleza física um dia acaba, o amor permanece;


As flores, por mais belas que sejam, um dia murcham e morrem;
Mas o seu perfume permanece no ar e no olfato daqueles que o souberam guardar em frascos adequados;


O corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia envelhece e morre,ame sem preceitos,o amor verdadeiro é eterno porque não se apega ao corpo físico, mas se afeiçoa ao ser imortal que o habita temporariamente. 


Quando nasce o amor?
quando estamos carentes e alguém se aproxima com mãos estendidas?
ou quando nos abrimos para a vida e despertamos paixões?
será que existe uma lógica no amor? 

 
Somos nós quem decidimos a hora de amar, ou o amor é realmente um laço, um passo para uma armadilha?Se podemos viver o amor, por que nos ausentamos, por que nos decepcionamos tanto e queremos fugir dele?


Por isso, se tiver que optar, entre o vazio da razão, por medo de sofrer uma decepção e amargar meu dia, ainda assim, prefiro o risco do amor, que embeleza a vida, dá motivação renovada, e transforma o mundo, as pessoas e as atitudes, deixando tudo mais bonito, leve e eterno '-'

quarta-feira, 10 de abril de 2013

O que de fato é a paixão?

Paixão,o que realmente é?




É um sentimento exacerbado entre duas pessoas é um exemplo de uma paixão. A paixão pode ultrapassar barreiras sociais, diferenças de formação, idades e gêneros. A paixão completamente correspondida causa grandiosa felicidade e satisfação ao apaixonado, pelo contrário, qualquer dificuldade para atingir essa plenitude pode trazer grande tristeza pois o apaixonado só se vê feliz ao conseguir o objeto de sua paixão. A paixão é uma patologia amorosa, um superlativo fantasioso da realidade sobre o outro, tendo em vista que o indivíduo apaixonado se funde no outro, ou seja, perde a sua individualidade, que só é resgatada quando na presença do outro. Com o passar do tempo, essa intensidade de fusão vai se esvaindo, tendo em vista que a paixão é uma idealização mítica do outro. Quando o apaixonado começa a perceber que essa idealização, com o passar do tempo, foi equivocada, porquanto o outro não se comportava dentro do perfil de expectativas idealizado miticamente pelo apaixonado, é gerada uma intensa frustração, que passa a ser vivenciada com intensa irritabilidade pelo então apaixonado. Desta forma, o apaixonado vai percebendo o equívoco que cometeu, pela recorrência das frustrações no tocante às suas expectativas fantasiosas pelo outro, objeto da paixão e o processo começa então a regredir, a se inverter, com a paulatina volta e reforço da identidade do ex-apaixonado, que passa a enxergar o outro como ele realmente é, o que, via de regra pode até gerar um sentimento inverso de extrema repulsa, pelos sofrimentos suportados.
Existem pesquisas científicas nesse âmbito, que mostram que a paixão, apesar de intensa e arrebatadora, é um sentimento passageiro.
Alguns efeitos da paixão
  • A paixão é um sentimento de desejar, querer, a todo custo "o amor de outro ser ou objeto". Necessidade de ver e tocar a pessoa ou objeto por qual se apaixonou, ou ate mesmo saber que aquela pessoa amada também gosta dele e está pensando nele.
Deste modo.pode ser um entendido como um "vício" que debilita a mente do indivíduo pois este foca somente a pessoa amada ou objeto artístico nos seus pensamentos sendo todos os outros momentâneos e irrelevantes.
  • A paixão pode ser um entendido como um "sedativo" que suscita um prazer admirativo pelos detalhes da pessoa amada
Amar é se ver no outro. É ver o outro em si. É descobrir que todos tem defeitos,mas basta podermos aceita-lós. Amar é a mais incrível experiência humana. Portanto, uma experiência lindamente cheia de furos, imperfeições e remendos.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Amor incomparável de Deus





Para entendermos um pouco do amor de Deus, é necessário que conheçamos. Este amor incomparável. Ele escolheu nos amar. É impossível para Deus não nos amar. Deus é amor, (I Jo 4:8) é um dom de Deus direcionado totalmente para nós. Mesmo que Ele não ame o que fazemos muita das vezes, mas de fato Ele nos ama. Nós, no nosso limitado conhecimento não sabemos a profundidade e muito menos a altura. Porque o amor de Deus é infinito e eterno. E Ele nos prova isso em (Romanos 5:8 “Mas, Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores. ")

Assim, que entendemos que não há nada que possamos fazer para que Deus nos ame menos,. Porque é um amor incomparável. Uma vez que temos conhecimento desse amor, a verdade é que temos que sentir esse amor de Deus dia após dia. Sentir queimando em nossos corações, sentir o amor de Deus é algo inexplicável e indispensável na intimidade que devemos ter com Ele. Não basta somente saber que Ele nos ama, o melhor é sentir. ( IJoão 3:1 “ Vejam como é grande o amor que o Pai nos concedeu: sermos chamados filhos de Deus, o que de fato somos!” ) Ou seja, Ele deseja ter intimidade de Pai, de amigo conosco. E assim, vemos a certeza de que o Amor aproxima as pessoas, e no caso, o amor de Deus nos aproxima dEle, ou melhor este é o desejo do coração de Deus.

Mesmo sabendo que Deus nos ama, comecei falando sobre o amor, porque realmente é indispensável o fato de que devemos sentir e porque muitas vezes deixamos isso de lado. De certa forma deixamos a "chama se apagar". Mas, deve-se buscar sentir o amor de Deus. Como podemos retribuir a este amor? Quando Deus mandou o seu único filho que deu a vida por amor a nós, essa foi a manifestação do amor de Deus a nós. Qual é a sua manifestação de amor a Deus? - Não somente nos entregar a Ele, mas ama-lo verdadeiramente e fazer este amor conhecido. E como posso ama-lo? conhecendo a Ele. Amar a Deus acima de todas as coisas. E Jamais deixar este amor se apagar. O que é difícil já que teremos que renunciar muitas outras coisas. Mas, amar a Deus é necessário para viver. Se apaixonar por Cristo, pelo o que Ele é e não somente pelo o que Ele fez e faz. Se apaixonar por Deus é querer ter intimidade com Ele. Como eu posso me apaixonar por Cristo? Entendendo que o Amor dEle me constrange. (A palavra de Deus nos ensina que também devemos andar em amor, ou seja, vivendo este amor. Se envolva no amor de Deus. Ninguém poderá nos separar do amor de Deus. A revelação e a prova do amor de Deus: “Jesus Cristo” nos ensina como viver. Nos ensinou como andar em amor.( João 1:4 “ E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.” ) Termos fé no amor de Deus e obedecer a Deus são as provas que podemos dar a Ele de que O amamos. Obedecer a Deus é mais que importante, é prova de amor. Obedecer a palavra de Deus ( I João 2:5 “ Aquele, entretanto, que guarda a sua palavra, nele, verdadeiramente, tem sido aperfeiçoado o amor de Deus. Nisto, sabemos que estamos nEle.” )

Como eu posso ser aperfeiçoado em amor? Além de ama-lo acima de todas as coisas, amar ao próximo. ( Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros. I João 4:11 ) Ame as pessoas ao seu redor, aprenda a amar a sua família, existem casos de pessoas que não conseguem amar a família. Embora seja loucura, mas existe. O verdadeiro amor é o que vem de Deus. O amor vindo do próprio ser humano é um amor por condições. Mas, Deus nos ensina o verdadeiro amor. Então queridos, sinta o amor de Deus, viva o amor de Deus, Ame a Deus, Seja apaixonado por Cristo, Ame com o amor de Deus. Ame seus amigos, ame seus irmãos, ame os que você conhece, ame quem você não conhece, ame vidas, ame pessoas. E principalmente, deseje que este amor do Pai alcance aqueles que não conhecem esse amor ou nunca experimentaram deste amor. É o amor que vem de Deus que nos ensina a vencer e a não temer. Amar com o amor de Deus devolve a esperança que está nEle a todos nós. Tudo isso é uma manifestação de amor.
( " E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. 1 João 4:16 " )
                                                                                                                  

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Intimidade com Deus(Comunhão)


 Ter intimidade com Deus não consiste somente em uma obediência fria e sem sal a regras e ordenanças, ultrapassa atos e meras palavras, vai além do conhecimento bíblico que temos, rompe as barreiras do nosso ego e da nossa vontade própria. A intimidade com Deus começa com o novo nascimento, desenvolve-se com um viver diário em sua presença..
Intimidade com Deus,é como amizade que você tem com alguém..aos poucos essa intimidade vai aumentando...buscar mais de Deus,não somente o que Ele pode lhe ofereçer,mas a comunhão,adorá-lo,louvar-lo..
quanto mais próximos do Senhor, mais tocados e transformados somos, e menos coisas erradas e egoístas praticaremos. Em comunhão, subimos os degraus da santificação constantemente, e buscamos não descê-los de novo. Vamos nos esquecendo do que fica para trás, e vamos prosseguindo, sempre melhorando..
Ter uma vida de intimidade com Deus é você estar buscando o Pai em todo tempo,você falar com ele como você fala com sua melhor amiga(o),porque ele está disposto á te ouvir,e ele também fala com você.. isso é ter intimidade,você ouvir á voz de Deus nitidamente,você fala com ele normalmente..Deus é meu Pai..posso falar com ele a hora que eu quiser..ele me escuta..e eu escuto ele também,ele é meu melhor amigo,eu posso confiar nele,ele é meu conselheiro..
Salmos 139:1-5 NVI
Senhor, tu me sondas e me conheces.
Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos.
Sabes muito bem quando trabalho e quando descanso; todos os meus caminhos te são bem conhecidos.
Antes mesmo que a palavra me chegue à língua, tu já a conheces inteiramente, Senhor.
Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a tua mão sobre mim.
DEUS NOS CONHECE NA INTIMIDADE
 SALMO 139: 13 -16 NVI
Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.
Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza.
Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra.
Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.
Adorar – lit. “Prostrar-se” – reverenciar, venerar, amar extremosamente, idolatrar, ter grande predileção a, cultuar, curvar-se, cair com o rosto em terra, render-se.
Louvar – lit. “Barulho” – elogiar, gabar, exaltar, enaltecer, glorificar, aprovar, aplaudir, bendizer.